Make your own free website on Tripod.com

 

Sítio em formação e...colaboração.

       Ponte sobre o Angueira - S. Joanico                  S. JOANICO - DIVERSOS  

 

 

 

S.Joanico, dois passos a trás...

 

Um positiva e outro negativamente.

Quanto ao primeiro, refiro – me à ponte, à Fonte de mergulho e ao tanque das eiras. A primeira recuperou os seus três coruchéus, embora novos. Mas ainda tem muito que recuperar: as pedras de granito, que terminavam os muros laterais, julgo ainda existirem, mas que, segundo diversas opiniões andam por partes diversas. O piso actual não tem nada a ver com o primitivo – grandes lajes de granito, sobre as quais estavam bem vincados os sulcos lavrados, durante séculos, dias a fio, pelo rodar dos carros, carregados quer de erva e ferranha, quer de trigo e centeio, primeiro em caule e espiga e depois em grão e farinha; quer de batatas, quer de abóboras, de melões e de melancias; quer  de lenha, de rachos, de giestas e de estevas, quer de palha, de adubo e de estrume. Essas pedras que devem jazer debaixo da incúria e da adaptação aos tempos e às necessidades actuais, feitas de uma maneira apressada  e penso que irreflectida ou distraída, devem voltar ao de cima, porque elas e os vincos que a desgastaram fazem parte da alma de S. Joanico, de outros tempos, dos seus antepassados que, tal como elas aí se vincaram e, resistindo, se desgastaram para memória, louvor deles, admiração e estímulo dos que lhes sucederam...

A fonte de mergulho foi restaurada, limpa, bem como a sua envolvência.

É também de realçar o restauro do tanque das eiras, colocando no seu devido lugar os coruchéus, felizmente, os primitivos que, há já bastante tempo lhe jaziam à cabeceira. Parabéns e até os meus agradecimentos aos responsáveis que, sendo-o, sentiram e concretizaram esta responsabilidade. Aqui fica, de algum modo, sarada a ferida destapada no sítio: http://frontpage.tripod.com/s.joanico

Mas há outro passo, para trás, bem negativo, que não estava à espera de ver, e na medida em que, um dia antes, tinha lido um dos boletins da Câmara de Vimioso que trazia as fotografias das Etares de S. Joanico, de Serapicos, de Angueira, de Avelanoso....

Pois, foi a primeira vez que eu vi a nossa Ribeira, correr debaixo da ponte, escura,  cheia de espuma e com peixes mortos.

(Publicado em "Jornal  Nordeste")

 

Hospitalidade transmontana:

 

Entre quem é!

Entre quem é!

 

Na lareira de pedra

Cabe senpre mais um.

E o fogo aquece os potes

Aquece como nenhum.

 

Cá dentro há portas abertas

Por onde não entra o frio

E à volta desta lareira

desaparece o vazio.

 

Entre quem é!

Emtre quem é!

 

Tem esta gente tal gesto

E uma grandeza tamanha

Como se houvesse no fogo

Um pedaço  de montanha.

 

E um pedaço de montanha

Por dentro de cada um

Lume que fala de dentro

E aquece como nenhum.

 

Entre quem é!

Emtre quem é!

 

                                                                                Inácio Nuno Pignatelli (Porto)

In Agenda Cultural de Vimioso, Set./Out. 2006

 

 

                       

 

 

 

Entre quem é!... Situacao Geografica História Patrimonio Cultural  
Patrimonio Arquit.
 
Patrimonio Humano Tradições Turismo e Lazer Diversos

S.joanico (Regresso a pág. principal)