Make your own free website on Tripod.com

 

Sítio em formação e...colaboração.

       Ponte sobre o Angueira - S. Joanico         S. JOANICO - S. Geográfica  

 

2 -Situação geográfica...

                    São Joanico é uma pequena aldeia do distrito de Bragança, situada a cinco quilómetros, a nordeste do seu concelho, Vimioso. "Faz parte das primeiras povoações do Concelho de Vimioso, juntamente com Vale de Frades, Serapicos e Campo de Víboras"(AB BAÇ.390).

 Corre-lhe no meio o Rio Angueira, cujas margens são unidas pela que Chamam a Ponte de São Joanico, sempre presente na inspiração popular: “ A Ponte de São Joanico tem vinte e cinco olhais/ Aqui está quem os contou/ Tem cinco e não tem mais.”Actualmente, tem bons acessos para quem vem, quer de Vimioso, de Vale de Frades, de Serapicos; quer de Espanha, por Angueira  e de Miranda, por Caçarelhos ou por Vimioso.

Local e Descrição de S.Joanico: Aquele é-nos indicado por um dos párocos de S.Joanico, em 1757: “que o povo está situado num vale de onde não se avista outro; que igreja paroquial tem três altares – o mor, com o padroeiro e o Santíssimo Sacramento; o da Senhora da Expectação, com S. Ceriz , S. Casimiro aos lados e o de Santo Cristo com Santo António e S.Caetano aos lados...”

A seguinte descrição é feita por um lavrador do povo, cujo nome, o Abade Baçal não nos disse,  e que se segue, em alguns versos desactualizada.

 

 

Descrição de S.Joanico

 

O lugar de S.Joanico

Não é vila nem cidade:

É uma pequena aldeia

Onde brilha a mocidade.

 

Não há casas brancas

Nesta pobre aldeia;

Mas há coisas que agradam

A quem nela passeia.

 

Nela passa o rio Angueira,

Que saborosos peixes cria:

Tencas, Barbos e escalos

Carangueijos, sardas e enguias.

 

Nas suas margens tem

Choupos, olmos e alvarinhos,

Amieiros e salgueiros

Onde cantam passarinhos.

 

Tem uma ponte antiga.

Obra  - prima em perfeição;

Em segurança as modernas

Não têm comparação.

 

Formada em cinco olhais

De cantaria bem lavrada;

Da gente que nela passa

É a ponte bem gabada.

 

 

 

 

 

Que alegria não é ver

As mulheres debaixo a lavar

E também os rapazitos

Todos juntos a nadar.

 

Também há dois cruzeiros,

Um em cada lado da povoação,

Para a todos significarem

O símbolo da Redenção.

 

Só há uma igreja

De linda arquitectura

Com cinco altares dentro

De linda escultura.

 

Para todos trabalha

O braço do lavrador,

Contudo não é olhado

Como ele é merecedor

 

Guardando o seu gado,

Também canta o pastor;

De Inverno andamos ao frio

De Verão andamos ao calor.

 

Posteriormente, nas décadas de cinquenta e sessenta (?) foram entronizadas as imagens de S.João de Brito por Clemência de Jesus Martins, em cumprimento de Promessa ao mesmo Santo por suposta cura de doença grave do seu marido Firmino Augusto Falcão; a Imagem da Senhora de Aparecida, enviada do Brasil pela filha Aurora; a Imagem de Nossa Senhora da Conceição, oferecida pela Senhora Professora Dª. Albertina Miranda.

Entre quem é!... Situacao Geografica História Patrimonio Cultural  
Patrimonio Arquit.
 
Patrimonio Humano Tradições Turismo e Lazer Diversos

S.joanico (Regresso a pág. principal)